A Cabeça Bem-feita

A Cabeça Bem-feita

Autor: Edgar Morin

Sinopse

Reformar o pensamento para reformar o ensino e reformar o ensino para reformar o pensamento é o que preconiza Edgar Morin.

Na linha da reforma do pensamento, ele propõe os princípios que permitiriam seguir a indicação de Pascal: “Considero impossível conhecer as partes sem conhecer o todo, tanto quanto conhecer o todo sem conhecer, particularmente, as partes…”

Esses princípios levam o pensamento para além de um conhecimento fragmentado que, por tornar invisíveis as interações entre um todo e suas partes, anula o complexo e oculta os problemas essenciais; levam, igualmente, para além de um conhecimento que, por ver apenas globalidades, perde o contato com o particular, o singular e o concreto.

Eles permitem remediar a funesta desunião entre o pensamento científico _ que desassocia os conhecimentos e mão reflete sobre o destino humano – e o pensamento humanista – que ignora as conquistas das ciências, enquanto alimenta suas interrogações sobre o mundo.

Daí a necessidade de uma reforma de pensamento referente a nossa aptidão para organizar o conhecimento, que permita a ligação entre as duas culturas divorciadas. A partir daí, ressurgiram as grandes finalidades do ensino, que deveriam ser inseparáveis: promover uma cabeça bem-feita, em lugar de bem cheia; ensinar a condição humana, começar a viver; ensinar a enfrentar a incerteza, aprender a se tornar cidadão.

A Corrosão do Caráter

A Corrosão do Caráter

Autor: Richard Sennett

Sinopse

Hoje em dia, as empresas americanas oferecem um ambiente de trabalho mais humano do que aquele do início do século, quando o trabalho na linha de montagem era monótono e insalubre. No entanto, Richard Sennett, professor de sociologia da Universidade de Nova York e da London School of Economics, acredita que essa melhoria é meramente ilusória. Ele argumenta que o ambiente de trabalho moderno – com ênfase nos trabalhos a curto prazo, na execução de projeto e na flexibilidade – não permite que as pessoas desenvolvam experiências ou construam uma narrativa coerente para suas vidas. E, mais importante, esta nova forma de trabalho impede a formação de caráter.
Para Sennett, o desenvolvimento do caráter depende de virtudes estáveis como lealdade, confiança, comprometimento e ajuda mútua. Características que estão desaparecendo no novo capitalismo. Em alguns aspectos, as mudanças que marcam este novo sistema são positivas e levaram a uma economia dinâmica, mas também corroeram a idéia do objetivo, a integridade e a confiança nos outros, aspectos que gerações anteriores consideravam essenciais para a formação do caráter. Este ensaio essencial e oportuno de Sennett nos ajuda a compreender nossas dúvidas dentro do contexto político e social, e sugere que precisamos recriar tanto o caráter da comunidade quanto o do indivíduo para que possamos enfrentar uma economia baseada no princípio de “sem comprometimentos a longo prazo”.
A partir de entrevistas com executivos demitidos da IBM em Nova York, funcionários de uma padaria ultramoderna em Boston e muitos outros, Sennett estuda os efeitos desorientadores do novo capitalismo. Ele revela o intenso contraste entre dois mundos de trabalho: aquele da rigidez das organizações hierárquicas no qual o que importava era um senso de caráter pessoal, e que está desaparecendo, e o admirável mundo novo da reengenharia das corporações, com risco, flexibilidade, trabalho em rede e equipes que trabalham juntas durante um curto espaço de tempo, no qual o que importa é cada um ser capaz de se reinventar a toda hora.

A Sociedade em Rede

A Sociedade em Rede

Autor: Manuel Castells

Sinopse

A Sociedade em Rede busca esclarecer a dinâmica econômica e social da nova era da informação.

Baseado em pesquisas feitas nos Estados Unidos, Ásia, América Latina e Europa, procura formular uma teoria que dê conta dos efeitos fundamentais da tecnologia da informação no mundo contemporâneo.

A economia global se caracteriza hoje pelo fluxo e troca quase instantâneaos de informação, capital e comunicação cultural. Esses fluxos regulam e condicionam a um só tempo o consumo e a produção.

As próprias redes refletem e criam culturas distintas.

Tanto elas quanto seu tráfego estão, em grande parte, fora das regulamentações nacionais. Manuel Castells descreve o ritmo cada vez mais acelerado de descobertas e suas aplicações.

As 10 Faces da Inovação

As 10 Faces da Inovação

Autor: Tom Kelly

Kelley, autor do best-seller A arte da inovação, revela as estratégias adotadas pela IDEO, sua empresa de design, famosa no mundo inteiro, com sede em Palo Alto, Vale do Silício, para estimular o pensamento criativo e superar o negativismo que sufoca a criatividade.

Para tanto, explica os dez tipos ou papéis desenvolvidos pela IDEO, por meio dos quais qualquer empresa pode inovar em diferentes situações.

Entre essas dez personas se incluem “o antropólogo”, “o saltador de obstáculos”, “o arquiteto de experiências” e “o polinizador”, além de outros, tudo ilustrado com exemplos reais de empresas, que ajudarão você a transformar seu trabalho.

O resultado é um guia fecundo para fomentar a criatividade.

Blueprint to a Billion

Blueprint to a Billion

Autor: David G. Thomson

Sinopse

A primeira avaliação quantitativa de como as empresas de sucesso alcançar o alto crescimento, este livro responde à pergunta: ‘

Qual é o padrão de sucesso das maiores empresas dos EUA, as empresas que vem dando IPO’d desde 1984 e cresceram US $ 1 bilhão em receita?’ Baseado em três anos de investigação detalhada, “Blueprint to a billion” fornece a primeira identificação quantitativa do padrão de sucesso entre este grupo de empresas.

As empresas “Blueprint” são o coração de crescimento dos EUA e do motor da inovação. Fora das 8.000 empresas pesquisadas Thomson, há 387 empresas modelo, incluindo a Starbucks, eBay, Cisco, a Home Depot, Charles Schwab, Microsoft e Nike..

Cada capítulo detalha um elemento essencial seguido de entrevistas em profundidade.”Blueprint to a billion” também se utiliza de um site interativo que contém estudos de caso, entrevistas e dados financeiros, bem como uma lista atualizada de Empresas “Blueprint” para os leitores.

Capitalism at the Crossroads

Capitalism at the Crossroads

Autor: Stuart L. Hart

O capitalismo global está em uma encruzilhada do terrorismo internacional, as mudanças ambientais e uma acelerada reação contra a globalização.

As empresas globais de hoje estão em uma encruzilhada também: encontrar novas estratégias para o crescimento rentável nunca foi mais desafiador.

Ambos os conjuntos de problemas estão intimamente ligados, diz Stuart L. Hart, e assim estão as soluções.

________________________________________________________________________________________________________________

E-topia

E-topia

Autor: William J. Mitchell

´Precisamos aprender a construir e-topias – cidades eletronicamente servidas, globalmente ligadas para o alvorecer do novo milênio´, proclama o autor, arquiteto que atua em uma das mais avançadas organizações de ensino e pesquisa dos Estados Unidos, o Massachusetts Instituto of Technology (MIT).

Teorizando a respeito da era da informação, ele observa que este é o momento de reinventar o desenvolvimento urbano, dada a transformação diante da qual nos encontramos, resultante da convergência gradual de muitos processos.

´Quando [esses processos] se juntaram, foi como misturar componentes até então inofensivos para produzir nitroglicerina´, diz Mitchell. ´

A informação se tornou desmaterializada e incorpórea e circula agora ao redor do globo, na velocidade da luz e em volumes assustadores, através das redes de computadores. E esse vasto processo global está apenas se preparando para funcionar.´

Os desafios e perspectivas deste momento de big-bang tecnológico são enfocados aqui por um autor que, consciente das mudanças radicais em andamento, acredita que ´podemos criar uma urbanidade civilizada apoiada menos na acumulação de coisas e mais no fluxo de informação´.

__________________________________________________________________________________________________________________

Estratégia e Competitividade Empresarial

Estratégia e Competitividade Empresarial

Autores: Luiz Carlos Di Serio e Marcos Augusto de Vasconcellos

Sinopse

Na era da globalização, as organizações brasileiras devem estar preparadas para competir com fortes empresas estrangeiras, posto que estas investem em pesquisas e têm tradição em gestão.

Dessa forma, as empresas nacionais precisam de um modelo de gestão que as torne mais competitivas, de modo que o Brasil possa gerar mais riqueza e empregos.

Nesse sentido, este livro possibilita a criação de metodologias de diagnóstico, de planejamento e de implementação da melhoria da competitividade. Escrita por renomados autores, a obra apresenta temas como criação de valor, gestão da inovação, tecnologia da informação, estratégia, competitividade empresarial, entre outros.

O livro traz, ainda, estudos de caso de empresas de diferentes áreas, que ilustram, na prática, a teoria abordada.

Innovation to the Core

Innovation to the Core

Autores: Peter Skarzynski e Rowan Gibson

Sinopse

Em muitas organizações, a inovação é mais retórica do que realidade, mais do que uma competência.

Este livro ajuda a mudar essa situação, desde a organização de líderes inovadores e da linha de frente de um projeto para a construção e implantação de uma capacidade de inovação das empresas.

Demonstrando exemplos de experiências de grandes companhias, Peter e Rowan escrevem um guia prático para tornar a inovação uma realidade dentro da organização – ajudando companhias a atingir rentabilidade e o crescimento sustentável.

________________________________________________________________________________________________________________

Inovação e Empreendedorismo

Inovação e Empreendedorismo

Autor: John Bessant - Joe Tidd

Sinopse

No mercado saturado de hoje, as empresas não têm outra opção: precisam inovar.

Seja por meio de invenções, novos serviços ou simplesmente pela reformulação de produtos já existentes, a inovação é um imperativo para a sobrevivência e o crescimento.

Em Inovação e Empreendedorismo, John Bessant e Joe Tidd explicam de modo didático a relevância da inovação e do empreendedorismo hoje.

Repleto de exemplos de boas e nem tão boas práticas, é uma obra essencial para qualquer estudante ou empreendedor interessado no tema.

________________________________________________________________________________________________________________

Fora de Série

Fora de Série

Autor: Malcolm Gladwell

Sinopse

O que torna algumas pessoas capazes de atingir um sucesso tão extraordinário e peculiar a ponto de serem chamadas de “fora de série?”

Costumamos acreditar que trajetórias excepcionais, como a dos gênios que revolucionam o mundo dos negócios, das artes, das ciências e dos esportes, devem-se unicamente ao talento.

Mas neste livro você verá que o universo das personalidades brilhantes esconde uma lógica muito mais fascinante e complexa do que aparenta.

Baseando-se na história de celebridades como Bill Gates, os Beatles e Mozart, Malcolm Gladwell mostra que ninguém “se faz sozinho. Todos os que se destacam por uma atuação fenomenal são, invariavelmente, pessoas que se beneficiaram de oportunidades incríveis, vantagens ocultas e heranças culturais. Tiveram a chance de aprender, trabalhar duro e interagir com o mundo de uma forma singular. Esses são os indivíduos fora de série – os outliers.

Para Gladwell, mais importante do que entender como são essas pessoas é saber qual é sua cultura, a época em que nasceram, quem são seus amigos, sua família e o local de origem de seus antepassados, pois tudo isso exerce um impacto fundamental no padrão de qualidade das realizações humanas. E ele menciona a história de sua própria família como exemplo.

Além disso, para se alcançar o nível de excelência em qualquer atividade são necessárias nada menos do que 10 mil horas de prática – o equivalente a três horas por dia (ou 20 horas por semana) de treinamento durante 10 anos.

Aqui você saberá também de que maneira os legados culturais explicam questões interessantes, como o domínio que os asiáticos têm da matemática e o fato de o número de acidentes aéreos ser mais alto nos países onde as pessoas se encontram a uma distância muito grande do poder.

Free

Free

Autor: Chris Anderson

Sinopse

Com a maestria que lhe é peculiar, Anderson volta à cena com este livro único e inspirador, onde o leitor encontrará em texto embasado a tendência de zerar custos trazida pela era digital.

Anderson afirma com veemência que estamos entrando numa era em que a economia pode ser construída em torno do conceito de “gratuito” e como isso afetará a vida das pessoas.

Segundo ele, a ideia partiu de um dos capítulos de A cauda longa, que trata da economia da abundância.

Ele acabou percebendo que nunca havia acontecido de toda uma economia ser construída em torno do gratuito e resolveu, então, mostrar como as pessoas fazem dinheiro e quais são as implicações disso.

O futuro, segundo ele, reserva surpresas inimagináveis até bem pouco tempo para os nergócios.

Inovação Prioridade Número 1

Inovação Prioridade Número 1

Autor: Peter Skarzynski e Rowan Gibson

Uma entre cem corporações consegue tornar a inovação uma competência profusa em todas as camadas da empresa.

Neste livro, você aprenderá a melhorar de modo significativo a capacidade de inovação de sua empresa, mobilizando e recompensando a imaginação de seus funcionários, clientes e parceiros comerciais — todos os dias, em qualquer lugar.

Em Inovação: prioridade no. 1, os autores fornecem as ferramentas, as técnicas e as metodologias que eles próprios usam com êxito há mais de uma década para ajudar organizações a transformar a inovação numa habilidade essencial e, desse modo, superar o desempenho dos concorrentes.

________________________________________________________________________________________________________________

Meu Jeito De Fazer Negocios

Meu Jeito De Fazer Negocios

Autora: Anita Roddick

Sinopse

Este livro aborda a biografia da inglesa Anita Roddick e a história de seu empreendimento ‘The Body Shop’, uma empresa de cosméticos que, além de vender produtos naturais, com matérias-primas que não foram produzidas com o uso de agrotóxicos, utilizavam embalagens feitas de materiais recicláveis e menos sofisticadas.

Em seu livro, a autora explica como se deu esse desenvolvimento, e como é possível liderar uma empresa sendo mulher e mantendo a responsabilidade e a ética corporativa.

Além de esclarecer alguns pontos fundamentais que devem ser perseguidos por líderes empresariais que desejam aprender sua fórmula e atuar de forma mais responsável e ética no mercado.

O Código Cultural

O Código Cultural

Autor: G. Clotaire Rapaille

Sinopse

O aclamado antropólogo Clotaire Rapaille nos mostra como decifrar o ?código cultural? para entendermos melhor o comportamento das pessoas considerando país em que vivem.

Desde crianças aprendemos o código de uma cultura e agimos de acordo com ele, sem nos dar conta disso.

O código cultural é aquilo que nos faz brasileiros, americanos, franceses ou alemães, e molda de forma invisível o nosso comportamento.

Também especialista em marketing, o autor utilizou o ?código cultural?para ajudar, por exemplo, a Chrysler a construir o PT Cruiser ? o carro mais bem-sucedido dos últimos tempos, além de ter aplicado esse conceito para ajudar dezenas de empresas a melhorarem sua lucratividade.

Mostrando-nos por que as pessoas ao redor do mundo agem e pensam de formas diferentes, esse livro nos oferece uma perspectiva libertadora, promovendo um maior entendimento entre as várias culturas.

O Mundo é Plano

O Mundo é Plano

Autor: Thomas L. Friedman

‘O mundo é plano’ é uma análise da globalização e seus êxitos e opositores.

Quando, daqui a vinte anos, os historiadores se debruçarem sobre a história do mundo e chegarem ao capítulo ‘ano 2000 a março de 2004′, que fatos destacarão como os mais importantes?

Os ataques ao World Trade Center e ao Pentágono em 11 de setembro de 2001 e a Guerra do Iraque?

Ou a convergência de tecnologia e determinados acontecimentos que permitiu à Índia, China e tantos outros países ingressarem na cadeia global de fornecimento de serviços e produtos, deflagrando uma explosão de riqueza nas classes médias dos dois maiores países do mundo – e convertendo-os, assim, em grandes interessados no sucesso da globalização?

Friedman explica como se deu o achatamento do mundo na aurora do século XXI; seu significado para países, empresas, comunidades e indivíduos; e como governos e sociedades podem e devem se adaptar.

Opções Reais

Opções Reais

Autores: Vladimir Antikarov e Tom Copeland

Sinopse

Este livro torna simples um tópico complexo como a tomada de decisão nas grandes empresas.

Com ele é possível utilizar a análise de opções reais no dia-a-dia.

O Capítulo 1 define as opções reais e apresenta numerosos exemplos de como estas fizeram diferença em decisões do mundo real quando são trabalhadas com os clientes.

O Capítulo 2, escrito por John Stonier, da Airbus Industrie, é um caso exemplar dos desafios gerenciais envolvidos na implementação de uma nova forma de pensar.

Os Capítulos 3 a 10 são a seção metodológica do livro.

No Capítulo 11 são apresentadas histórias de caso e soluções. Finalmente o Capítulo 12 discute uma miscelânea de tópicos que vão dos efeitos da análise de opções reais sobre a maneira pela qual pensamos a respeito da estratégia à relação entre ROA e teoria dos jogos.

Presença

Presença

Autor: Peter M. Senge - Joseph Jaworski - Betty Sue Flowers

Sinopse

Por quais mudanças passaria o mundo caso aprendêssemos a explorar, individual e coletivamente, a nossa capacidade mais profunda de sentir e modelar o futuro? Essa é apenas uma das questões propostas pelos autores de um livro que combina uma rara honestidade pessoal com um pensamento crítico religioso.

Presença – Propósito Humano e o Campo do Futuro propicia ao leitor uma visão profunda do desenvolvimento de uma nova teoria sobre mudança e aprendizado. Em conversas sobre temas variados, mantidas por mais de um ano e meio, Senge, Scharmer, Jaworski e Flowers exploram suas próprias experiências e as de cerca de 150 cientistas e empreendedores das áreas social e dos negócios, num esforço para explicar como ocorre a mudança profunda coletiva. Sua jornada de descoberta articula uma nova maneira de ver o mundo e de entender o nosso papel em sua criação – tal como está agora e como poderá ser.

Radical e esperançoso, Presença – Propósito Humano e o Campo do Futuro sintetiza pensamento de ponta, conhecimento direto e sabedoria ancestral a fim de investigar os campos vivos que nos conectam uns aos outros, à vida como um todo e, potencialmente, àquilo que “deseja emergir”. Sete capacidades são necessárias para podermos ver, sentir e concretizar novas possibilidades. O desenvolvimento dessas capacidades conduz a um nível mais profundo de aprendizado, que é a chave para promover mudanças em benefício do todo – de nós mesmos, de nossas organizações e das comunidades a que pertencemos.

Responsabilidade Social, Empresarial e Empresa Sustentável

Responsabilidade Social, Empresarial e Empresa Sustentável

Autores: José Carlos Barbieri  e Jorge Emanuel Reis Cajazeira

Sinopse

É inegável a importância da responsabilidade social na atualidade, tanto que existe um verdadeiro movimento mundial em torno do tema. Prova disso são as inúmeras iniciativas promovidas por empresas, entidades empresariais, ONGs e órgãos vinculados à ONU, bem como do número crescente de códigos de éticas e programas de responsabilidade social empresariais e de normas voluntárias como SA 8000, AA 1000, NBR 16001 e a construção de uma norma de responsabilidade social pela International Organization for Standardization(ISO), a entidade de normalização mais importante da atualidade. A responsabilidade social das empresas não é um assunto pacificado, a não ser o reconhecimento da sua importância. O objetivo deste livro é apresentar uma sistematização sobre as principais questões da responsabilidade social empresarial, pensando tanto nos que estão começando a se envolver com esses temas, quanto nos que já avançaram, mas sentem necessidade de sistematizar seus conhecimentos e de mais esclarecimentos sobre os aspectos controversos. Como disse Alan Bryden, a maior autoridade da ISO, os autores desse livro “conseguiram comunicar toda a riqueza que o verdadeiro conceito de responsabilidade social requer, tanto na profundidade quanto na abrangência”.

O livro contém sete capítulos cuja trajetória vai do debate teórico em torno da responsabilidade social empresarial aos instrumentos gerenciais de natureza operacional. O primeiro Capítulo apresenta a fundamentação teórica discutindo as três teorias mais importantes sobre esse tema: a teoria do acionista, a teoria das partes interessadas na empresa ou dos stakeholders e a teoria contratualista. Cada teoria é apresentada com um breve resumo da sua origem e influências, seguido de uma apresentação das suas idéias centrais e, ao final, uma apreciação das suas contribuições e limitações. O segundo Capítulo discute modelos de gestão da responsabilidade social empresarial. Inicialmente resgata algumas propostas que ganharam projeção internacional. Depois, apresenta um importante fato da vida contemporânea, a confluência de dois grandes movimentos sociais, o da responsabilidade social empresarial e o do desenvolvimento sustentável. Os autores mostram como a convergência entre esses dois movimentos gerou o que se denomina organização sustentável. A partir daí, o Capítulo apresenta um modelo que incorpora contribuições desses dois movimentos, conhecido como modelo dos três resultados líquidos, ou triple bottom line, que objetiva organizar e articular as atividades da empresa para que ela obtenha resultados líquidos positivos em termos econômicos, sociais e ambientais.

O Capítulo 3 trata da ética em geral e da ética empresarial, componentes importantes da responsabilidade social empresarial. No Capítulo 4 são apresentadas as teorias ou doutrinas éticas normativas que podem dar contribuições importantes para a conduta moral dos que atuam nas empresas ou em seu nome. O capítulo se encerra com uma discussão sobre a necessidade de uma ética para o mundo globalizado e apresenta um núcleo de idéias para a construção dessa ética. A seguir são apresentados os aspectos práticos da responsabilidade social empresarial, sempre sob a perspectiva do desenvolvimento sustentável. O Capítulo 5 trata das principais fontes de princípios e de diretrizes para estabelecer políticas, objetivos e metas para tratar a responsabilidade social. O Capítulo 6 apresenta e discute alguns dos mais importantes instrumentos de gestão e como eles podem ser aplicados para implementar uma política de responsabilidade social conforme os conceitos de empresa sustentável. O último Capítulo reforça a idéia de que a gestão da responsabilidade social deve estar integrada ao modelo geral da organização e alinhado às suas políticas e estratégias. Com isso, fecha-se uma trajetória que vai das principais formulações teóricas sobre a responsabilidade social empresarial até as suas práticas mais recentes, afinadas com o movimento mundial pelo desenvolvimento sustentável. O livro contém ainda questões para revisão, um glossário e uma extensa bibliografia sobre o tema para quem quiser se aprofundar no assunto. Como diz no Prefácio Oded Grajew, Presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Ethos de Responsabilidade Social, “por todas essas considerações, o livro é de extrema importância: contribui, de forma concreta, ao avanço da responsabilidade social empresarial”.

Ser Executivo: um Ideal? uma Religião?

Ser Executivo: um Ideal? uma Religião?

Autor: Jean Bartoli

Sinopse

Com perspicácia, o autor mostra neste livro que ser executivo não exige apenas dotes profissionais e capacidade técnica e sim a disposição de abraçar um verdadeiro estilo de vida, que irá comprometê-lo de forma definitiva e abrangente.

Uma pergunta surge espontânea: o que comporta o ser executivo: um ideal? uma religião?

Através de análises provocativas e envolventes, Jean Bartoli apresenta um perfil controvertido das “exigências” que são feitas aos executivos no atual contexto globalizado.

Somando suas experiências e percepções como consultor e professor universitário, o autor desafia todo profissional a se tornar protagonista em sua própria aventura de viver.

Serious Play

Serious Play

Autor: Michael Schrage

Em “Serious Play”, Schrage argumenta que o valor na construção de modelos vem menos da ajuda que oferecem na solução de problemas, do que com os conhecimentos que eles revelam sobre a própria organização.

Modelos tecnológicos podem realmente mudar para melhorar as nossas formas de comunicação, colaboração e inovação.

Com exemplos reai, Schrage mostra como empresas como a Disney, Microsoft, Boeing, IDEO, e a DaimlerChrysler usam da “diversão séria” com as tecnologias de modelagem para facilitar as interações colaborativas que levam à inovação.

Um livro de referência de uma das vozes mais perspicazes na área da inovação.

Um Mundo sem Pobreza

Um Mundo sem Pobreza

Autor: Muhammad Yunus

Sinopse

As ideias de Muhammad Yunus, ganhador do Prêmio Nobel da Paz, sempre foram inovadoras. Ele criou, no final da década de 1970, o Banco Grameen e o conceito de microcrédito – fornecimento de pequenos empréstimos aos pobres, principalmente mulheres, para que iniciem negócios próprios e tirem sua família da miséria. De Bangladesh, a ideia do microcrédito se espalhou por diversos países e atualmente favorece milhões de famílias em todo o mundo.
Porém, o “banqueiro dos pobres” não estava satisfeito. Acreditava que se podia fazer muito mais e queria provar que é possível acabar com a pobreza no mundo e colocá-la “nos museus”, como ele mesmo diz. Daí surgiu sua nova ideia revolucionária: a empresa social, que deverá transformar o capitalismo que conhecemos.
Mas o que é uma empresa social? É aquela que obtém rendimentos com seus produtos e serviços, mas não paga dividendos aos acionistas e não visa o maior lucro possível, como fazem as empresas. Dedica-se à criação de produtos e serviços que beneficiem a população, combatendo problemas sociais como a pobreza e a poluição ou melhorando o sistema de saúde e a educação.
Neste livro, Yunus conta um pouco de sua trajetória e descreve o lançamento das primeiras empresas sociais. Ele aborda a parceria com a Danone para a venda de iogurtes nutritivos por preço acessível a crianças subnutridas em Bangladesh, a construção de hospitais oftalmológicos que salvarão milhares de pobres da cegueira e dá sugestões de como chegar a um mundo sem pobreza (por exemplo, por meio da inclusão digital).
Esta obra, que conta com um caderno de fotos em papel especial, permite que vislumbremos o fantástico futuro que Yunus deseja para o nosso planeta, transformado por milhares de empresas sociais. Seria uma forma de capitalismo nova e muito mais humana.

Uma Breve História do Futuro

Uma Breve História do Futuro

Autor: Jacques Attali

Sinopse

Aproximadamente em 2060, ou mais cedo a menos que a humanidade desapareça sob um dilúvio de bombas, nem o Império Norte Americano, nem o hiperconflito serão toleráveis. Novas forças, altruístas e universalistas, já atuantes hoje, tomarão o poder mundial-mente, devido a uma premência ecológica, ética, econômica, cultural e política.Elas se rebelarão contra as exigências da vigilância, do narcisismo e das normas. Conduzirão, progressivamente, a um novo equilíbrio, dessa vez planetário, entre o mercado e a democracia: a hiperdemocracia. Instituições mundiais e continentais organizarão a vida coletiva, graças a novas tecnologias. Fixarão limites ao artefato comercial, à modificação da vida e à valorização da natureza. Favorecerão a gratuidade, a responsabilidade, o acesso ao poder. Tornarão possível o nascimento de uma inteligência universal, unificando as capacidades criadoras de todos os seres humanos, para ultrapassá-las.Nesses tempos vindouros, menos longínquos do que se crê, o mercado e a democracia, no sentido em que nós os entendemos hoje, se tornarão conceitos ultrapassados, lembranças vagas, tão difíceis de compreender como o são hoje o canibalismo ou os sacrifícios humanos. Como todo resumo, o que procede poderia parecer evidentemente caricatural, peremptório e arbitrário. O objetivo deste livro é mostrar que essa é, no entanto, a cara mais verossímil do futuro.

Unleashing Innovation

Unleashing Innovation

Autor: Nancy Tennant Snyder – Deborah L. Duarte

Sinopse

Em 1999, a Whirlpool foi submetida a uma ampla reorganização da empresa para atender às demandas da pós-globalização mercadológica.
Dez anos após essa notável transformação, Unleashing Innovation narra à história  das inovações mais bem sucedidas nas transformações da história americana. Nancy Tennant Snyder e co-autora  Deborah L. Duarte revelam como a Whirlpool realizou um dos maiores esforços de mudança corporativa da história e mostram como a inovação foi incorporada em toda a empresa.
Unleashing Innovation é ilustrado com exemplos da Whirlpool,  incluindo suas marcas: Jenn-Air, Bauknecht, KitchenAid, e Brastemp. Duarte e Snyder revelam o funcionamento interno da máquina de inovação da Whirlpool, que cria um quadro coerente e rentável à inovação através da participação de todos os trabalhadores da empresa, e dismistifica que a inovação vem apenas do topo. Unleashing Innovation mostra o que acontece quando uma organização cria uma máquina que envolve todos e promove um ambiente que coloca a ênfase na “aprendizagem e criação, sonhos, na mitologia de heróis e no espírito de ganhar. ” Unleashing Innovation mostra como o motor da sua inovação pode ser adaptado para funcionar em qualquer atividade independente do seu tamanho e demonstra os passos da empresa neste longo do caminho, os principais aprendizados,  ferramentas utilizadas,  desafios do contratempos e as críticas de sucesso.

________________________________________________________________________________________________________________