Aumento no Consumo

por Milena Mogi

 

A crise não afetou com tanta intensidade o varejo nos setores de comida, bebida, higiene, limpeza do lar, como já havia comentado em um post anterior.

Segundo uma pesquisa realizada pela LatinPanel o volume de compras subiu 9% e de gastos 15%, principalmente nas classes D e E, que foram beneficiadas com o aumento do salário mínimo e as bolsa-auxílio.

 

 

A freqüência de visitas ao mercado também aumentou, segundo Ana Claudia Fioratti, diretora-executiva do instituto de pesquisa que acompanha semanalmente 8.200 domicílios em todo o país “O consumidor está mais crítico, fazendo compras mais ‘picadinhas’. Vai comprando à medida que precisa”.

Em tempos de crise o consumidor fica mais atendo as oscilações de preços e avalia o custo-benefício.

Leave a Reply